PUBLICIDADE
IPCA
0,25 Fev.2020
Topo

Ministro descarta interrupção de voos após caso confirmado de covid-19

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante entrevista coletiva sobre o primeiro caso de coronavírus confirmado no Brasil - Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante entrevista coletiva sobre o primeiro caso de coronavírus confirmado no Brasil Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Lisandra Paraguassu

Da Reuters, em Brasília

26/02/2020 13h42

O governo brasileiro não irá realizar interrupção de voos depois da confirmação de um caso de infecção pelo novo coronavírus no país em um paciente que esteve na Itália, disse nesta quarta-feira o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

O ministro avaliou ainda, em entrevista coletiva em Brasília, que "muito em breve" a Organização Mundial da Saúde (OMS) deverá declarar o novo coronavírus uma pandemia e disse que já existem critérios para que isso seja feito.

O governo pretende ainda, disse Mandetta, antecipar o início do calendário de vacinação contra a gripe, a começar pela Região Sul do país.

Notícias