PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

China mantém inesperadamente taxa de MLF apesar de corte de juros emergencial nos EUA

16/03/2020 07h32

XANGAI (Reuters) - O banco central da China deixou inalterados os custos de seus empréstimos de médio prazo nesta segunda-feira, apesar de outro corte emergencial de juros de 1 ponto percentual feito pelo Federal Reserve nos Estados Unidos horas antes para combater o choque econômico de um surto do coronavírus.

O Banco do Povo da China disse que vai manter a taxa de seu instrumento de empréstimo de médio prazo de um ano (MLF) para instituições financeiras em 3,15%.

A medida desta segunda-feira deve oferecer uma indicação para a determinação da taxa de empréstimo primária referencial mensal (LPR), que será anunciada na sexta-feira.

O banco central também disse no comunicado que injetou 100 bilhões de iuanes (14,29 bilhões de dólares) em instituições financeiras nesta segunda-feira.

(Reportagem de Winni Zhou e Andrew Galbraith em Xangai, Huizhong Wu em Pequim)