PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Volkswagen e Volvo no Paraná dão férias de até 20 dias a partir de 31 de março, diz sindicato

19/03/2020 14h30

SÃO PAULO (Reuters) - Volkswagen e Volvo vão dar férias coletivas de até 20 dias para seus funcionários no Paraná, afirmou nesta quinta-feira o sindicato de metalúrgicos de Curitiba, acrescentando que está negociando com as montadoras Renault e CNH e outras companhias do setor na região.

As férias na Volkswagen e Volvo são de 15 dias, mas podem chegar a 20, informou a entidade, acrescentando que o período começa em 31 de março. As duas montadoras empregam cerca de 6.200 funcionários na região, segundo a entidade. Já o polo fabril da Renault com a parceira Nissan na região emprega cerca de 7 mil funcionários.

"A intenção é parar a produção, evitando aglomerações e possíveis contaminações, sem que se tenham grandes prejuízos para empresas e trabalhadores", afirmou o sindicato em comunicado.

"As férias coletivas de uma categoria tão grande como é a nossa evitarão o uso do transporte coletivo, que é um dos principais locais de contaminação, bem como o contato entre um grande número de trabalhadores, seja na linha de montagem, no uso de equipamentos coletivos ou mesmo nos intervalos de almoço", disse o presidente do sindicato, Sérgio Butka, no comunicado.

Na véspera, General Motors e Mercedes-Benz anunciaram férias coletivas para seus funcionários no país a partir de 30 de março.

Procurada, a Honda, que tem fábricas no Estado de São Paulo, afirmou que está operando "regularmente. Contudo, a parada de produção é uma alternativa em avaliação". Já a Toyota disse na véspera que suas fábricas estavam funcionando normalmente, mas "estamos avaliando a situação momento a momento".

(Por Alberto Alerigi Jr.)