PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

França busca moratória da dívida para países mais frágeis

31/03/2020 08h40

PARIS (Reuters) - A França buscará uma moratória da dívida para os países mais pobres, como parte de um pacote de medidas para ajudá-los a lidar com a crise do coronavírus, disse nesta terça-feira o ministro das Finanças francês.

Bruno Le Maire disse que pedirá " forte ajuda e imediata" aos países em desenvolvimento quando ministros das Finanças do grupo das 20 potências econômicas realizarem uma teleconferência nesta terça-feira.

Le Maire disse que pedirá um aumento nos direitos de saque especiais, a moeda do Fundo Monetário Internacional (FMI), e linhas de crédito especiais para complementar as linhas de swap entre os bancos centrais.

"Também pediremos uma moratória sobre a dívida dos países mais frágeis", disse Le Maire a jornalistas, oferecendo-se para coordenar essa iniciativa internacionalmente.

A diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva, disse à Reuters na sexta-feira que os mercados emergentes provavelmente precisarão de mais de 2,5 trilhões de dólares em recursos para enfrentar a crise, embora parte disso venha de suas reservas internas e de mercados de empréstimos domésticos.

Le Maire pediu a seus colegas do G20 que decidam, durante a teleconferência, aumentar os saques especiais em 500 bilhões de dólares, apoiar a criação de novas linhas de crédito de curto prazo do FMI e dobrar suas linhas de empréstimos de emergência para os países em desenvolvimento.

"Precisamos preparar nossa resposta agora para uma crise econômica que pode ser extremamente violenta para os países em desenvolvimento", disse Le Maire.