PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Japão oferece visão mais sombria da economia em mais de uma década devido a vírus

23/04/2020 10h23

Por Leika Kihara

TÓQUIO (Reuters) - O governo japonês divulgou nesta quinta-feira a avaliação mais sombria da economia do país em mais de uma década, uma vez que as consequências da pandemia do novo coronavírus ameaçam levar a terceira maior economia do mundo a uma profunda recessão.

O consumo privado está "caindo acentuadamente" pois a pandemia obriga as famílias a ficarem em casa, enquanto a queda da demanda em destinos de exportação importantes, como Estados Unidos e Europa, está afetando os fabricantes japoneses, informou o governo em seu relatório mensal de abril.

"A economia do Japão está piorando rapidamente e está sob uma situação extremamente grave devido ao novo coronavírus", disse o relatório, revisando sua avaliação pelo segundo mês consecutivo.

"As condições econômicas provavelmente permanecerão extremamente severas", afirmou.

A avaliação foi a mais sombria que o governo deu desde maio de 2009, quando a crise financeira global desencadeada pelo colapso do Lehman Brothers levou o Japão à recessão.

As crescentes consequências da pandemia ampliaram o sofrimento de uma economia já à beira da recessão, com o sentimento do setor de serviços caindo para uma mínima histórica.

A crise da saúde também está afetando o mercado de trabalho, que "mostra fraquezas" como quedas nas ofertas de emprego, informou o governo no relatório.

A avaliação provavelmente afetará como o banco central do Japão descreverá as perspectivas econômicas na reunião de política monetária nos dias 27 e 28 de abril.

(Reportagem de Leika Kihara)