PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Wells Fargo tem lucro melhor que o esperado com queda em custos de crédito

15/01/2021 13h01

Por Noor Zainab Hussain e Imani Moise

BANGALORE, Índia (Reuters) - O Wells Fargo divulgou nesta sexta-feira lucro trimestral acima das estimativas de Wall Street, com a estabilização dos custos de crédito ajudando a compensar o impacto das baixas taxas de juros.

O banco registrou custos gerais mais baixos no quarto trimestre, em linha com um movimento mais amplo de longo prazo para manter as despesas controladas, conforme o presidente-executivo, Charlie Scharf, toma medidas duras para reestruturar o grupo.

Os custos associados a empréstimos inadimplentes diminuíram 823 milhões de dólares em comparação ao ano anterior e permaneceram bem abaixo do nível visto no primeiro semestre do ano, quando o banco acumulou mais de 14 bilhões de dólares em provisões.

A queda nas provisões deveu-se principalmente à liberação de 757 milhões de dólares das reservas formadas após a venda anunciada da carteira de empréstimos estudantis, bem como menores baixas líquidas.

Os custos melhoraram na comparação anual devido a menores perdas operacionais vinculadas a litígios, mas continuaram a aumentar devido ao escândalo de práticas de vendas que assombrou o banco por quatro anos.

O Wells Fargo também contabilizou 781 milhões de dólares em despesas de reestruturação no trimestre. O número de funcionários nas áreas de banco de varejo e comercial caiu 7% e 6%, respectivamente.

A receita líquida de juros do Wells Fargo caiu 17%, para 9,28 bilhões de dólares. A receita total caiu 10%, para 17,93 bilhões.

O banco teve lucro líquido de 2,99 bilhões de dólares, ou 0,64 dólar por ação, no trimestre encerrado em 31 de dezembro, em comparação com 2,87 bilhões, ou 0,60 dólar por ação um ano antes. Analistas esperavam, em média, lucro de 0,60 dólar por ação, de acordo com dados da Refinitiv.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447753)) REUTERS AAJ

PUBLICIDADE