PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Bolsonaro diz que Lula iniciou campanha, mas comemora cedo demais decisão do STF

10/03/2021 18h14

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva iniciou sua campanha presidencial para 2022, mas destacou que o petista comemora cedo demais a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), de ter anulado condenações contra ele, porque a medida ainda deve ser submetida ao plenário da Corte.

Em entrevista a jornalistas, Bolsonaro disse que a campanha de Lula é baseada em "criticar, mentir e desinformar". O presidente mencionou o fato de o ex-presidente não ter apontado casos de corrupção no Ministério da Economia, ao contrário do que ocorreria no governo dele próprio, que seria "baseado na corrupção", segundo Bolsonaro.

"Que governo foi esse? Foi o governo cuja maior marca foi o desmando e a corrupção, e voltado para o populismo", disse Bolsonaro.

"Ele não sabe o que fala, não tem argumentos e vai ficar aí tagarelando não sei por quanto tempo", acrescentou.

Mais cedo, em pronunciamento seguido de entrevista coletiva na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, Lula fez duras críticas ao governo de Bolsonaro, em sua primeira fala pública após a decisão de Fachin de anular as condenações sofridas pelo petista no âmbito da operação Lava Jato de Curitiba.