PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

PF cumpre mandado contra enfermeira suspeita de aplicar vacinas ilícitas contra Covid-19

30/03/2021 21h20

(Reuters) - A Polícia Federal cumpriu dois mandados de busca e apreensão na residência de uma enfermeira de Belo Horizonte e em uma clínica da capital mineira no âmbito de investigação sobre suspeita de aplicação de vacinas ilícitas contra a Covid-19, informou a PF.

Segundo nota da corporação, a aplicação das vacinas irregulares ocorreu em uma garagem de ônibus comandada por um dos maiores conglomerados de transporte de Minas Gerais, e os empresários envolvidos admitiram, em depoimento, a aquisição dos imunizantes de procedência ilícita.

"A Polícia Federal investiga as circunstâncias dos fatos, a autenticidade dos imunizantes e a sua origem", disse a PF em nota, acrescentando que a enfermeira investigada tem passagem na polícia por furto e também teria comercializado as vacinas ilegais para outras pessoas.

Segundo reportagem da TV Globo, uma das suspeitas investigadas pela PF é que as vacinas sejam falsas, uma vez que foram encontradas vacinas contra a gripe e ampolas com cloreto de sódio em caixas de isopor apreendidas na casa da mulher investigada.

A investigação foi deflagrada após reportagem da semana passada da revista Piauí, segundo a qual um grupo do setor de transportes comprou a vacina da Pfizer contra a Covid-19 e ofereceu a amigos e familiares ao preço de 600 reais pelas duas doses.

A Pfizer negou em nota qualquer venda ou distribuição da vacina da empresa no Brasil fora do âmbito do Programa Nacional de Imunização (PNI), e lembrou que o imunizante ainda não está sequer disponível no território brasileiro.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

PUBLICIDADE