PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

De Cos, do BCE, diz que retirada de estímulo deve ser gradual e de acordo com dados

17/02/2022 08h25

MADRI (Reuters) - O membro do Banco Central Europeu Pablo Hernández de Cos afirmou nesta quinta-feira que qualquer aperto monetário prematuro só irá prejudicar a economia, e que o estímulo deve ser retirado gradualmente.

"A direção na qual precisamos ir é clara, mas não devemos tirar conclusões prematuras quanto ao cronograma. O processo será tanto gradual quanto dependente de dados", disse De Cos em evento financeiro.

Na quarta-feira, duas autoridades do Banco Central Europeu defenderam o fim do esquema de compra de títulos do BCE, uma vez que a inflação alta na zona do euro reduz a necessidade de estímulo à economia.

Embora a inflação esteja agora mais de duas vezes acima da meta de 2% do BCE, o banco tem mantido a política monetária frouxa, já que assume que a alta dos preços voltará a ficar abaixo da meta no próximo ano por si só.

(Reportagem de Jesús Aguado e Emma Pinedo)