PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

BC russo reduz taxa básica de juros a 14% e sinaliza mais cortes

29/04/2022 08h56

(Reuters) - O banco central da Rússia reduziu sua taxa básica de juros para 14% nesta sexta-feira, num ajuste mais acentuado do que o esperado, e disse ver espaço para cortar ainda mais os custos dos empréstimos neste ano, conforme tenta administrar uma economia em contração e com inflação crescente.

O banco central se reuniu depois de ter cortado inesperadamente a taxa básica para 17% no início de abril, após um aumento de emergência para 20% dias depois de a Rússia enviar dezenas de milhares de soldados para a Ucrânia, em 24 de fevereiro.

O corte de juros desta sexta-feira superou as expectativas de uma dose de afrouxamento de 2 pontos percentuais em pesquisa da Reuters desta semana. Analistas previram que a Rússia precisaria de taxas mais baixas diante de uma recessão econômica iminente após a imposição de sanções sem precedentes pelo Ocidente.

"Se a situação se desenvolver de acordo com a previsão base, o Banco da Rússia vê espaço para redução da taxa básica em 2022", disse o banco central em comunicado.

Uma pesquisa da Reuters mostrou mais cedo nesta sexta-feira que o banco central deve reduzir os juros para 10,5% até o final do ano, conforme o rublo firme ajuda a limitar os riscos inflacionários.

O banco central disse que a inflação ao consumidor está a caminho de acelerar para 18% a 23% em 2022, superando em muito a meta oficial de 4%, que poderia ser alcançada em 2024. A inflação estava em 17,6% nos 12 meses até 22 de abril.