IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Procurador suíço investiga compra do Credit Suisse pelo UBS

02/04/2023 13h57

GENEBRA (Reuters) - A Procuradoria Federal da Suíça abriu uma investigação sobre a compra do Credit Suisse pelo UBS Group, que contou com apoio do Estado, informou o escritório da procuradoria-geral neste domingo.

O promotor, com sede na capital suíça Berna, está investigando possíveis violações da lei criminal do país por parte de funcionários do governo, reguladores e executivos dos dois bancos, que chancelaram uma fusão de emergência no mês passado para evitar o colapso do sistema financeiro do país.

Há "numerosos aspectos dos eventos em torno do Credit Suisse" que justificam uma investigação e que precisam ser analisados para "identificar quaisquer crimes que pudessem ser da competência do (procurador)", afirmou em comunicado.

"O Gabinete do Procurador-Geral deseja cumprir proativamente com seu mandato e responsabilidade de contribuir para um sistema financeiro suíço limpo e montou um esquema de monitoramento para que possa agir imediatamente sobre quaisquer questões que caiam em sua área de responsabilidade", acrescentou o comunicado.

Ele não deu indicações sobre qualquer aspecto específico do acordo de fusão que possa estar avaliando nem por quanto tempo a investigação pode durar.

O UBS e o Credit Suisse recusaram-se a comentar.

(Reportagem de Sneha Bhowmik em Bengaluru, Gabrielle Tétrault-Farber em Genebra e Elisa Martinuzzi em Londres)