IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Dólar sobe ante real com investidores buscando proteção antes do feriado

06/04/2023 17h15

Por Fabrício de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - Em uma sessão marcada pela baixa liquidez, o dólar à vista fechou em leve alta ante o real nesta quinta-feira, com investidores protegendo posições no Brasil antes do feriado de sexta-feira e em sintonia com o movimento da divisa ante outras moedas emergentes.

O movimento de busca pelo dólar antes do feriado de Sexta-Feira Santa foi perceptível em especial durante a manhã, quando a divisa dos EUA atingiu as cotações máximas da sessão.

Por trás disso estava a intenção de alguns participantes do mercado de se protegerem antes da divulgação dos dados de emprego nos EUA nesta sexta-feira. Economistas consultados pela Reuters esperam que a criação de vagas de trabalho em março nos EUA tenha sido de 239 mil, após aumento de 311 mil em fevereiro.

À tarde, com as mesas de operação já esvaziadas no Brasil, as cotações da moeda norte-americana desaceleraram, mas ainda assim a divisa encerrou no terreno positivo.

O dólar à vista fechou o dia cotado a 5,0582 reais na venda, em alta de 0,16%.

Na B3, às 17:23 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,10%, a 5,0750 reais.

Pela manhã, às 10h44, a moeda norte-americana marcou a máxima de 5,0840 (+0,67%), com participantes do mercado preparando posições defensivas antes do feriado.

“Foi um pequeno movimento de proteção, em função do payroll (relatório de empregos) nesta sexta-feira, nos EUA, sendo que o mercado no Brasil vai estar fechado”, comentou Jefferson Rugik, diretor da Correparti Corretora.

A avaliação da economista Cristiane Quartaroli, do Banco Ourinvest, foi semelhante. “Por ser véspera de feriado, a liquidez está mais reduzida aqui no Brasil, e amanhã tem payroll, o que trouxe um tom de cautela para os mercados de forma geral.”

Um operador ouvido pela Reuters pontuou que, após atingir a máxima, a moeda norte-americana se acomodou no restante do dia em patamar mais baixo, com pouca oscilação, com os investidores já posicionados para o fim de semana prolongado.

No exterior, a moeda norte-americana sustentava no fim da tarde ganhos ante o dólar australiano e o peso chileno, entre outras divisas, e tinha leve alta ante uma cesta de moedas.

Às 17:23 (de Brasília), o índice do dólar --que mede o desempenho da moeda norte-americana frente a uma cesta de seis divisas-- subia 0,03%, a 101,900.

Na manhã desta quinta-feira, o Banco Central vendeu todos os 16.000 contratos de swap cambial tradicional ofertados na rolagem dos vencimentos de maio.