IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Indicador do risco-país dos EUA toca novo pico desde 2011

26/04/2023 08h12

LONDRES (Reuters) - O custo de se proteger contra a exposição à dívida soberana dos Estados Unidos subiu para seu nível mais alto desde 2011 nesta quarta-feira, impulsionado pelo receio de que o governo possa atingir o teto da dívida antes do esperado.

Os spreads dos Credit Default Swaps (CDS) --uma espécie de seguro contra calotes-- de cinco anos dos EUA aumentaram para 62 pontos-base, mostraram dados da S&P Global Market Intelligence, acima dos 59 pontos de terça-feira.

Isso é mais que o dobro do nível em que estavam no início do ano e representa o patamar mais alto desde 2011, de acordo com dados da Refinitiv.

A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, alertou na terça-feira que o fracasso do Congresso em aumentar o teto da dívida do governo --e o calote resultante-- desencadearia uma "catástrofe econômica" que elevaria as taxas de juros nos próximos anos.

(Por Dhara Ranasinghe)