Alckmin defende "reconquista" de comércio regional do Brasil com países vizinhos

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) - O vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, defendeu nesta segunda-feira a intensificação do comércio no âmbito regional e que o Brasil "reconquiste" países vizinhos, para onde vende produtos de maior valor agregado.

Alckmin comparou o fluxo comercial entre os países da América Latina, muito abaixo do registrado, por exemplo, entre os integrantes da União Europeia ou entre Canadá, Estados Unidos e México.

"Nós temos que reconquistar os vizinhos, a América Latina. E é para onde a gente vende produto de valor agregado: carro, caminhão, eletrodoméstico", disse o vice-presidente, em cerimônia de lançamento da Política Nacional de Cultura Exportadora.

"O mundo é globalizado, mas o comércio ele é intraregional", afirmou Alckmin.

O vice-presidente aproveitou para explicar que a política lançada nesta segunda-feira terá as pequenas empresas como um dos focos.

A política tem o objetivo de aprimorar as políticas públicas relacionadas ao comércio exterior para facilitar a inserção das empresas no mercado internacional.

Deixe seu comentário

Só para assinantes