Priner contrata Itaú BBA e XP para potencial follow-on de até cerca de R$280 mi

Por Andre Romani

SÃO PAULO (Reuters) - A Priner engajou o Itaú BBA e a XP para coordenarem uma potencial oferta primária e secundária de ações estimada em até cerca de 280 milhões de reais, informou a empresa de serviços industriais nesta quarta-feira.

A Priner estima que a tranche primária do potencial follow-on seja de até cerca de 230 milhões de reais, enquanto a oferta secundária seria de até 50 milhões de reais, de acordo com fato relevante. A companhia não disse qual ou quais acionistas podem vender participação na transação.

Os recursos captados pela Priner seriam utilizados para potenciais aquisições nos segmentos de infraestrutura, inspeção, serviços industriais e outros, além de investimento em crescimento orgânico, substituição de equipamentos alugados, e reforço de capital de giro, segundo o documento.

O Itaú BBA será o coordenador líder da potencial operação, disse a Priner.

A companhia ressaltou, porém, que ainda não foi tomada nenhuma decisão final sobre a efetiva realização da oferta.

As ações da Priner fecharam em queda de 4,83% na bolsa, a 10,83 reais.

(Edição de Patrícia Vilas Boas)

Deixe seu comentário

Só para assinantes