Japão vai elaborar pacote econômico para aliviar inflação

Por Satoshi Sugiyama e Tetsushi Kajimoto

TÓQUIO (Reuters) - O primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, revelou nesta segunda-feira os pilares de um novo pacote de estímulo econômico a ser compilado no próximo mês para ajudar as famílias a aliviar os problemas causados pelos aumentos de preços e aumentar os salários.

Kishida instruirá seu gabinete na terça-feira para elaborar o pacote e estabelecer rapidamente um orçamento extra para financiá-lo, disse ele.

O pacote incluirá medidas para proteger as pessoas da inflação pressionada pelos custos, apoiar o crescimento sustentável dos salários e da renda, promover o investimento doméstico para estimular o crescimento, fazer reformas para superar a diminuição da população e incentivar o investimento em infraestrutura.

Kishida também advertiu os investidores que tentam vender o iene, o que aumentará as contas de importação de alimentos e energia, dizendo que está observando atentamente os movimentos da moeda com um alto senso de urgência.

"É importante que as moedas se movimentem de forma estável, refletindo os fundamentos", disse Kishida em seus raros comentários sobre o mercado de câmbio. "A volatilidade excessiva é indesejável."

O tamanho e a substância do orçamento extra ainda não estão claros.

Quando perguntado sobre a chance de dissolver a câmara baixa do parlamento para uma nova eleição rápida, Kishida disse que não estava pensando em tal opção, pois agora deve se concentrar no novo estímulo e em outras questões que não podem esperar.

Deixe seu comentário

Só para assinantes