Petrobras chega à Bolívia para discutir projetos de gás, energias renováveis e lítio

LA PAZ/RIO DE JANEIRO (Reuters) - Uma delegação da Petrobras desembarcou na Bolívia para realizar reuniões com autoridades sobre projetos de exploração de óleo e gás, energias renováveis ​​e lítio, informou em nota nesta sexta-feira o Mistério de Hidrocarbonetos e Energia do país vizinho.

“Estamos dando continuidade a esta agenda bilateral que foi definida pelos nossos chefes de cada um dos países para avançar com benefício mútuo para Bolívia e Brasil", afirmou em nota o vice-ministro da Exploração e Produção de Recursos Energéticos, Raúl Mayta.

"Nosso gás é muito importante no mercado brasileiro pela competitividade de preços, mas também pelas políticas que têm para avançar sua fronteira agrícola", adicionou, pontuando que a Petrobras planeja avançar com a construção de usinas para produção de fertilizantes e precisará de gás competitivo.

De acordo com o ministério, haverá uma mesa técnica para discutir o futuro da exploração e produção de petróleo e gás e possíveis colaborações entre Petrobras e YPFB.

Ambos os países vão avaliar ainda projetos de geração eólica, solar e hidroelétrica, assim como possíveis oportunidades para a produção de lítio.

Também haverá discussões sobre Gás Natural Liquefeito (GNL) como um tema de importância crescente no panorama energético global, disse o ministério.

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, vem afirmando que a companhia e o governo brasileiro têm interesse em avaliar investimentos da petroleira na Bolívia.

(Por Daniel Ramos em La Paz e Marta Nogueira no Rio de Janeiro)

Deixe seu comentário

Só para assinantes