Governo prepara seguro contra riscos cambiais para atrair investimentos, diz Mello

BRASÍLIA (Reuters) - O governo está trabalhando em uma proposta para mitigar riscos cambiais em investimentos de longo prazo no país, uma espécie de seguro contra períodos de volatilidade, disse nesta quarta-feira o secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Guilherme Mello.

Em evento de celebração pelos 31 anos da Secretaria de Política Econômica, Mello afirmou que o objetivo é atrair investimentos internacionais para transformação ecológica.

O secretário disse que mecanismo em elaboração, que será lançado "o quanto antes", não terá relação com alterações tributárias. Ele não detalhou como será o instrumento, argumentando que o desenho ainda está em fase de definição.

"Quando o investimento produtivo vem do exterior, geralmente é financiado em dólar. E você faz um investimento no Brasil que terá receita em reais. Existe um risco quando você retira dividendos desse investimento e transforma em dólar de novo", disse.

De acordo com o secretário, esse risco faz com que os investidores exijam taxas de retorno elevadas, o que inviabiliza grande parte dos projetos.

"Se você minimiza esse risco através de um instrumento que hoje o mercado não oferece, mas que estamos trabalhando para instituir, você pode ter uma redução na taxa de retorno exigida e viabilizar um conjunto de investimentos", afirmou.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, antecipou à Reuters em outubro que o governo trabalhava para lançar ainda este ano o instrumento para facilitar investimentos estrangeiros no Brasil por meio de uma blindagem contra variações cambiais.

(Por Bernardo Caram)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes