Petróleo fecha quase estável

Por Stephanie Kelly

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo ficaram quase estáveis ​​nesta quarta-feira, já que o frio intenso que interrompeu parte da produção de petróleo dos Estados Unidos compensou dados sobre crescimento econômico decepcionante na China.

Os futuros do petróleo Brent caíram 0,41 dólar para 77,88 dólares o barril. Os futuros do petróleo West Texas Intermediate (WTI) dos EUA subiram 0,16 dólar a 72,56 dólares.

Na Dakota do Norte, um dos principais Estados produtores de petróleo dos EUA, as temperaturas abaixo de zero graus Fahrenheit fizeram com que a produção de petróleo caísse de 650 mil a 700 mil barris por dia (bpd), mais da metade de sua produção típica, disse o Estado.

Essas preocupações com a oferta fizeram com que os futuros do petróleo dos EUA reduzissem as perdas no final da sessão, depois de terem caído mais de 1 dólar por barril, disse Andrew Lipow, presidente da Lipow Oil Associates.

Enfraquecendo dos preços nesta quarta-feira, a economia da China cresceu 5,2% no quarto trimestre na comparação anual, abaixo das expectativas dos analistas e colocando em dúvida previsões de que a demanda chinesa iria alimentar o crescimento da demanda global por petróleo em 2024.

(Reportagem de Stephanie Kelly em Nova York, Paul Carsten em Londres, Muyu Xu em Cingapura e Colleen Howe em Pequim)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes