Dólar muda de direção e avança ante real após anúncio de leilão do BC

O dólar abriu no terreno negativo nesta segunda-feira, mas mudou de rumo em quase 20 minutos de operações com o anúncio do Banco Central (BC) de que fará ainda nesta manhã leilão de até 80 mil contratos de swap cambial reverso, no equivalente a US$ 4 bilhões.

O dólar, que chegou a cair 1,55% na mínima do dia, virou e alcançou uma máxima de R$ 3,5383. Às 9h27, a moeda americana estava cotada a R$ 3,5323, com elevação de 0,20%.

Da cena política, os investidores consideram que a presidente Dilma Rousseff está mais próxima de sofrer impeachment depois de ser derrotada ontem na Câmara dos Deputados.

O placar da votação na Câmara - 367 a favor do impeachment e 137 contra - chamou atenção da base do governo e da própria presidente. A percepção de que mesmo no Nordeste a base política governista se dissolveu reforça a leitura de que Dilma vai para a votação no Senado Federal mais fraca. E, conforme o Valor, a maioria da Casa já é majoritariamente a favor da saída de Dilma. Pelo menos 46 dos 81 senadores se posicionam abertamente nesse sentido. Esse número é mais do que suficiente para que o processo seja admitido e Dilma seja afastada por até 180 dias. Para a cassação definitiva, são necessários 54 votos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos