Bolsas

Câmbio

Dólar fecha em queda em mais um dia sem atuação do BC

O dólar fechou em queda frente ao real acompanhando o movimento no exterior. O Banco Central permaneceu fora do mercado de câmbio pelo quarto pregão consecutivo. Esse é o mais período em que o BC ficou sem atuar no câmbio desde 11 de julho de 2013, quando ele ficou cinco pregões sem realizar leilões, um pouco antes do anúncio do programa de venda diária de swaps cambiais tradicionais, criado em 31 de agosto daquele ano e que durou até março de 2015.

O dólar comercial caiu 0,84%, encerrando a R$ 3,4967. Já o contrato futuro para maio recuava 1,03% para R$ 3,494.

Dados mais fracos que o esperado do PIB americano intensificaram dúvidas sobre o espaço para novas altas de juros nos EUA. Além disso, a falta de atuação do Banco do Japão frustrou os investidores ao não anunciar novos estímulos ao final de sua reunião de política monetária nesta quinta-feira.

O PIB dos Estados Unidos mostrou um crescimento anualizado de 0,5% na prévia do primeiro trimestre, abaixo da estimativa dos analistas, que previam alta de 0,7%.

O dado teve como reflexo o enfraquecimento do dólar frente às principais moedas emergentes, um dia depois da reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) ter reforçado a expectativa de um aperto mais gradual de juros nos Estados Unidos, reduzindo as chances de alta da taxa básica em junho.

No mercado local, os investidores operaram na expectativa de que o BC pudesse anunciar o leilão de contratos de swap cambial reverso, que equivalem a uma compra de dólares no mercado futuro, com a moeda americana recuando para abaixo de R$ 3,50. Esse nível era considerado um piso técnico pelo mercado, uma vez que o BC vinha intensificando as atuações toda vez que a moeda americana recuava abaixo desse patamar.

A autoridade monetária, no entanto, reduziu o ritmo de atuação no câmbio desde a semana passada, não tendo realizado nenhum leilão de swap cambial reverso nesta semana. O BC já reduziu o estoque de contratos de swap cambial tradicional para US$ 70,653 bilhões, devendo ficar os próximos dois meses sem precisar realizar os leilões de rolagem dos contratos de swap cambial que estão vencendo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos