Oi confirma tutela antecipada que suspende execuções por 180 dias

A Oi, operadora de telefonia que pediu recuperação judicial na segunda-feira, 20, confirmou nesta quarta-feira o deferimento do pedido de tutela antecipada suspendendo, por 180 dias, todas as ações e execuções e ações contra a companhia.

A informação já havia sido disponibilizada pela Justiça na noite de ontem e foi confirmada pela Oi por meio da fato relevante.

De acordo com a operadora, a 7ª Vara Empresarial do Rio acatou o pedido para suspender todas as ações e execuções contras as empresas do grupo por 180 dias, "de modo a evitar que constric?o?es judiciais sejam realizadas no peri?odo compreendido entre o ajuizamento da recuperac?a?o judicial e o deferimento do seu processamento".

A Justiça também dispensou a operadora de apresentar certidões negativas, inclusive no que diz respeito às receitas administradas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A decisão é assinada pelo juiz Fernando Viana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos