Bolsas

Câmbio

ONS vê regime de chuva no NE no verão de 2017 semelhante a outros anos

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) espera que o próximo verão, no Nordeste, deve ser semelhante ao dos anos anteriores, marcado por escassez de chuvas, afirmou nesta quitna-feira o diretor-geral do órgão, Luiz Eduardo Barata. Segundo ele, porém, a expectativa é que o verão no Sudeste e Sul tenha volume de chuvas em torno da média histórica, o que possibilitará um envio maior de energia dessas regiões para o Nordeste.

"Não estamos muito otimistas, não", disse Barata, após participar de seminário sobre energia eólica, promovido pela empresa dinamarquesa Vestas, no Rio. "Os sinais que a turma do clima está nos dando é que nós devemos ter um verão em torno da média no Sudeste e no Sul. No Nordeste, não devemos ter uma mudança muito grande em relação ao que estamos vendo nos últimos anos", afirmou.

Hoje, o nível médio de armazenamento dos reservatórios hidrelétricos do Nordeste está em 11,54%. No Norte, o indicador marca 31,17%. No Sul, o nível atual é de 82,71%. E, no Sudeste/Centro-Oeste, principal subsistema do país, os reservatórios estão em 35,24%, podendo chegar a algo entre 27% e 28% no fim do período seco, segundo Barata.

Com relação ao Sudeste/Centro-Oeste em 2017, a estimativa do diretor do ONS é positiva. "Nossa expectativa é que, para o ano que vem, cheguemos ao fim do ano com 40% a 50% de armazenamento no encerramento do próximo período seco. Neste ano, nós vamos chegar entre 27%, 28%", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos