Bolsas

Câmbio

Odebrecht não concluiu pagamento de R$ 15 milhões a Aécio, diz delator

O ex-executivo da Odebrecht Sérgio Neves diz em delação premiada que houve um acerto de pagamento de R$ 15 milhões da Odebrecht para a campanha presidencial de Aécio Neves (codinome "Mineirinho") em 2014, mas que essa operação acabou não se concretizando. Segundo o delator, o então presidente do grupo Marcelo Odebrecht teria ligado direto para ele pedindo para operacionalizar os recursos com um suposto representante de Aécio, Oswaldo Borges da Costa. O acerto, segundo ele, teria inclusive aparecido em uma das fases da operação Lava-Jato, a operação Xepa, em conversa de mensagens de celular de Marcelo Odebrecht com Benedicto Júnior capturada pela polícia.


Ele relata que em seguida outro executivo da Odebrecht Fernando Migliaccio teria ligado dizendo que não conseguiria fazer o pagamento de uma vez até o final do mês, mas que poderia fazer em parcelas semanais de R$ 1 milhão em outubro, completando os R$ 15 milhões até dezembro daquele ano. Sérgio Neves disse que teria informado Oswaldo Borges, que teria mostrado contentamento, dizendo que iriam ganhar a eleição. Mas quando explicou a programação de pagamentos em São Paulo, via caixa 2 e R$ 1 milhão por semana a partir de outubro, Oswaldo teria mostrado preocupação em receber esses montantes próximo das eleições. "Aí retornei a Fernando Migliaccio e falei: reprograme aí esse valor, pois ele pediu para segurar porque estava muito próximo da votação do primeiro turno", afirmou.


Sérgio Neves relata que depois do primeiro turno voltou a procurar Oswaldo Borges. "Ele ainda tinha essa preocupação e disse: reprograme lá. Aí, nesse negócio de ficar reprogramando, liguei para o Fernando Migliaccio e disse: suspenda esse negócio até eu entender como é que vai ser feito isso aqui". O delator disse que nas semanas seguintes o assunto não foi retomado por Oswaldo Borges. "Ele [Oswaldo] não me cobrou sobre esse tema, não tocou nesse tema, de tal forma que a operação não foi realizada. Então, diante disso, liguei para o Benedicto Jr e reportei a ele: esse tema que o Marcelo pediu, dos R$ 15 milhões, não foi realizado", contou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos