Bolsas

Câmbio

Fux: Judiciário é "inerte" e "só age quando provocado"

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux disse nesta segunda-feira (24) que considera equivocadas as afirmações de que há uma "judicialização da política" ou o exercício de um "ativismo judiciário" no país.


Durante palestra no seminário "O fim da recessão" -organizado no Rio de Janeiro pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), a FGV Projetos, a Firjan e oValor-, Fux afirmou que o Judiciário é um poder "que só age quando provocado".


"Essas são expressões completamente anômalas e dissonantes da realidade", argumentou Fux. Para o ministro, o Judiciário é um "poder inerte" e que não interfere a não ser quando é chamado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos