Vendas de supermercados têm queda real de 0,5% em julho, segundo Abras

Os supermercados registraram queda real de 0,5% nas vendas de julho, na comparação com igual período do ano passado. No acumulado dos sete primeiros meses de 2017, houve alta real de 0,73%. As variações descontam a inflação medida pelo IPCA/IBGE. Os números foram divulgados na tarde desta quinta-feira pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras).


"As vendas do setor supermercadista têm apresentado crescimento moderado em 2017", afirmou João Sanzovo Neto, presidente da entidade em comunicado. "O ritmo da recuperação da economia ainda é lento, a taxa de desemprego, embora esteja em queda, ainda atinge mais de 13 milhões de brasileiros economicamente ativos, o que contribui para o atual cenário", acrescentou


Segundo ele, a perspectiva é que o crescimento a ser registrado no ano supere os apresentado entre janeiro e agosto, de 0,73%. O percentual é inferior à elevação de 0,95% registrada em igual período de 2016.


Em valores nominais, o setor registrou alta de vendas de 2,2% em julho, na comparação com o mesmo mês do ano passado, e avanço de 4,8% no acumulado dos sete meses.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos