Bolsas

Câmbio

Inflação pelo IPC-S desacelera na primeira prévia de setembro, diz FGV

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) desacelerou na primeira quadrissemana de setembro para 0,10%, depois da alta de 0,13% no encerramento de agosto.


De acordo com a Fundação Getulio Vargas (FGV), cinco das oito classes de despesa tiveram decréscimo em suas taxas. A maior contribuição partiu do grupo habitação, que desacelerou de 0,23% para 0,04% influenciado pela tarifa de eletricidade residencial (1,32% para 0,21%).


Também registraram decréscimo na inflação os grupos transportes (1,46% para 1,19%), vestuário (0,12% para -0,12%), comunicação (0,05% para -0,22%) e despesas diversas (0,10% para 0,08%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens gasolina (6,42% para 4,78%) e roupas (-0,02% para -0,48%).


Em contrapartida, os grupos educação, leitura e recreação (0,13% para 0,66%), alimentação (-0,83% para -0,76%) e saúde e cuidados pessoais (0,21% para 0,30%) aceleraram a alta na abertura de setembro. Nestas classes de despesa, as maiores contribuições partiram dos itens passagem aérea (-0,43% para 21,39%), frutas (-3,08% para -2,37%) e medicamentos em geral (-0,15% para 0,05%), respectivamente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos