ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Randon e sua controlada Fras-le divulgam previsões para 2018

15/02/2018 10h28

(Atualizada às 10h08) A fabricante de implementos rodoviários, vagões e autopeças Randon e ade lonas e pastilhas de freio Fras-le informaram nesta quinta-feira projeções para 2018.


A Randon prevê receita líquida consolidada de R$ 3,6 bilhões. Nos nove primeiros meses de 2017, o montante somou R$ 2,1 bilhões, alta de 4,1% em relação ao apurado no mesmo período anterior. Areceita bruta deve totalizar R$ 5 bilhões. De janeiro a setembro do ano passado, atingiu R$ 3 bilhões, alta de 6,4%.


Para este ano, a Randon projeta também uma receita de US$ 300 milhões oriunda de exportações e ganhos com suas operações internacionais. As importações devem chegar a US$ 51 milhões.


A companhia estima um montante de R$ 140 milhões em investimentos. No acumulado de nove meses do ano passado, os aportes totalizaram R$ 60,4 milhões.


Por sua vez, a Fras-le, controlada pela Randon, projeta obter uma receita líquida consolidada em 2018 de R$ 1,1 bilhão, com uma receita bruta total - que considera as exportações do Brasil mais operações no exterior - de R$ 1,6 bilhão.


No acumulado de nove meses de 2017, a receita líquida da companhia somou R$ 611,3 milhões, queda de 1,1% em relação ao mesmo período anterior. A receita bruta avançou 1,7%, na mesma base de comparação, para R$ 923 milhões.


As receitas da Fras-le no exterior devem atingir US$ 170 milhões neste ano e as importações, US$ 20 milhões.


A companhia informou também que os investimentos devem somar R$ 42 milhões em 2018. No acumulado de 2017, alcançaram R$ 16,5 milhões, alta de 58,6%.


As fabricantes não divulgaram detalhes sobre as projeções. Segundo a Randon e a Fras-le, os números foram utilizados no processo de planejamento estratégico de cada companhia, tendo como base cenários macroeconômicos nos mercados em que atua.

Mais Economia