Bolsas

Câmbio

Confiança empresarial diminui em abril, aponta FGV

O Índice de Confiança Empresarial (ICE), da Fundação Getulio Vargas (FGV), caiu 1,4 ponto em abril, para 93,4 pontos, retornando ao patamar de dezembro de 2017.Pela métrica de médias móveis trimestrais, o índice também caiu (-0,4 ponto), após sete altas consecutivas.

"A queda da confiança empresarial em abril parece refletir certo desapontamento do setor produtivo com o ritmo lento de atividade neste início de ano e o aumento de incertezas com a entrada do período eleitoral no radar das expectativas", nota Aloisio Campelo Jr., superintendente de Estatísticas Públicas da FGV. "A boa notícia é que os indicadores que medem a percepção sobre a situação atual continuaram subindo no mês, sinalizando que a economia continua na fase de recuperação gradual."

Em abril, o subíndice da Situação Atual (ISA-E) subiu 0,2 ponto, para 90,6 pontos, na 16ª alta consecutiva do indicador. Já o Índice de Expectativas (IE-E) diminuiu 1,2 ponto, para 98,6 pontos, após ficar dois meses estável.

No quarto mês de 2018, a confiança recuou em todos os setores, com destaque aos setores da Indústria e Serviços, que contribuíram com 69% e 23% para a queda do índice de confiança, respectivamente.

O ICE consolida os índices de confiança dos quatro setores cobertos pelas Sondagens Empresariais produzidas pela FGV: Indústria, Serviços, Comércio e Construção.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos