PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Odebrecht Engenharia e Construção perde R$ 1,17 bilhão em 2017

27/04/2018 10h39

A Odebrecht Engenharia e Construção (OEC), braço de engenharia do Grupo Odebrecht, registrou prejuízo de R$ 1,17 bilhão em 2017, redução de 42% na comparação com 2016.

A principal atuação da OEC é como controladora da Construtora Norberto Odebrecht e da Odebrecht Engenharia e Construção Internacional.

A empresa registrou resultado de equivalência patrimonial negativo de R$ 1,05 bilhão, recuo de 58% na comparação anual.

A demonstração financeira veio com ressalva do auditor por causa das investigações da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal.

Como lembra a BDO Auditores Independentes, executivos da companhia, de suas controladas e da controladora Odebrecht S.A., além das próprias empresas estão sendo investigados no âmbito da operação policial. Entre as possíveis consequências, estão o pagamento de indenização e multa e a proibição de contratar com o poder público.

Por conta disso, a BDO destaca que ainda existem elementos nos processos que podem levar à improcedência ou redução de determinadas sanções.

Além disso, o relatório destaca os acordos de leniência da Odebrecht S.A. no Brasil e no exterior, além de acordos no exterior feitos por controladas da OEC que vem sendo provisionados pelas empresas em seus resultados.

"No entanto, em função do atual estágio das negociações e dos acordos que ainda estão em curso, não foi possível, através de procedimentos alternativos de auditoria, obtermos evidências apropriadas e concluirmos quanto à suficiência das provisões contabilizadas nem tampouco se seria necessária a constituição de provisões adicionais", completa a BDO.