ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Teste: você é um comprador compulsivo ou tem controle dos gastos?

[object Object]
Imagem: [object Object]

Você tem autocontrole e compra só o que precisa e o que está dentro do planejamento? Ou volta para casa sempre cheio de coisas inúteis, só porque estavam em oferta ou porque "você merece"? Qualquer pessoa está sujeita a gastos não planejados, mas é preciso ficar atento para isso não virar um hábito. Faça o teste e descubra se você está se deixando levar por compras compulsivas e veja dicas para mudar isso

Fonte: SPC Brasil

  • Thinkstock
    Thinkstock

    Emoções e dinheiro sob controle

    Você ri, chora, fica nervoso, mas nada disso afeta a maneira como encara sua organização financeira. Para você, não faz sentido acompanhar a turma no almoço caro se depois você terá que resolver problemas com dinheiro. Você planeja, faz contas e só compra algo se realmente precisa. Nem as chantagens infantis ou uma boa ou má notícia te tiram do eixo. Agora, é a hora de pensar no futuro e fazer uma reserva financeira para emergências e um investimento. Mas acreditamos que você tem tudo planejado. Parabéns!

  • iStock
    iStock

    Tenta se controlar, mas nem sempre consegue

    Você sabe que precisa se organizar financeiramente, e que uma compra fora de hora pode atrapalhar seus planos, mas, volta e meia, acaba esquecendo disso. O perigo é que existe uma tendência de repetir a experiência sempre que possível. Então, lembre-se: você está no caminho certo e tem consciência do que deve e não deve fazer, só precisa controlar um pouco melhor suas emoções. Na próxima vez que ficar com vontade de comprar, pense se realmente precisa ou se não é só um impulso e, principalmente, se a compra não vai desequilibrar as suas finanças. Para evitar comprar por impulso, não compre na hora, volte no outro dia. E saia com dinheiro contado

  • Apollofoto/Shuterstock
    Apollofoto/Shuterstock

    Comprador impulsivo: emoções à flor da pele

    Seu sobrenome é impulsividade. Na verdade, quando qualquer sentimento toma conta, você não pensa racionalmente. Você não quer que as pessoas saibam que você precisa economizar, não deixa de comprar nada que gosta e não faz nenhum tipo de plano financeiro, nem a curto nem a longo prazo. O problema é que essas atitudes podem trazer para sua vida preocupação, frustração e tristeza, consequências da desorganização financeira e de uma possível falta de dinheiro. Algumas dicas: descubra por que as emoções estão te afetando, saia com pouco dinheiro, tenha um cartão de crédito com limite pequeno, bloqueie sites de compra pela internet, não compre na hora, deixe para comprar depois. Se perceber que não consegue, procure ajuda profissional

Mais Economia