Dupla fica milionária com mágicas para empresas; hoje faz shows pelo país

Henry Vargas, 32, e Klauss Durães, 31, são fascinados por mágicas desde a infância, mas só se conheceram aos 15 anos em um clube de mágicos em Belo Horizonte (MG). Eles montaram uma empresa, investiram R$ 10 mil e ficaram milionários aos 26 anos, fazendo "marketing mágico" em eventos corporativos. Hoje, o forte da dupla de ilusionistas Henry & Klauss são os shows para grandes públicos.

Como a mágica entrou na vida deles

Eles gostam de mágica desde a infância. Mineiros de Belo Horizonte, Henry e Klauss tiveram contato com mágica ainda na infância: Henry aos 8 anos, e Klauss, aos 6 anos. Henry diz que foi influenciado pelas apresentações de David Copperfield, que tinha trechos de shows eram exibidos pelo "Fantástico" (Globo). Já Klauss teve influência do tio Reinaldo, que fazia mágicas nas festas de família.

Ficaram amigos no clube de mágicos. Eles se encontraram em um clube de mágicos de Belo Horizonte em meados de 2007 e começaram a viajar o mundo em festivais do ramo, para participar de cursos, workshops e conferências. Eles também competiam nestes festivais, apresentando, separadamente, números de mágicas em categorias diferentes.

Em 2011, aos 18 anos, eles abriram a Ilusion. No início, era uma agência de ilusionistas. Eles vendiam shows de outros mágicos. O investimento inicial no negócio foi de R$ 10 mil.

Faziam "marketing mágico" para as empresas. Em 2012, a empresa passou a fazer ações de "marketing mágico" para o mercado corporativo. "A gente utilizava a mágica como ferramenta de comunicação para fazer ações para pontos de venda, para engajar mais os funcionários e lançamento de produtos", diz Henry.

Ficaram milionários com eventos corporativos

Ilusion era focada em eventos corporativos. De 2012 a 2018, a dupla de ilusionistas era focada em eventos para outras empresas. "Já fazíamos shows para o público, mas não era o foco principal da empresa. Eram shows pontuais", afirma Henry.

Unimed foi a primeira empresa. Henry diz que a primeira empresa para a qual a dupla desenvolveu uma ação de mágica foi a Unimed, o número era chamado de "Gênio Mágico", em 2012. "A gente fazia uma nota de R$ 2 se transformar no cartão da Unimed. A ideia era transmitir o conceito de que com menos de R$ 2 por dia era possível ter o plano nas empresas", afirma.

A dupla fazia 120 eventos corporativos por ano, em média. Maioria era em convenções de empresas, lançamentos de produtos e de estratégias para o mercado interno e externo, palestras para motivação dos colaboradores e encontros de empresários e CEOs. A dupla já fez eventos para empresas como Bradesco, Bayer, Boticário, Deloitte e Ipiranga, entre outras.

Continua após a publicidade

Eles ficaram milionários aos 26 anos. Em 2018, quando eles estavam focados no mercado corporativo, Henry e Klauss se tornaram milionários.

Como eles viraram ilusionistas de sucesso

Foco em shows para o grande público. Segundo a dupla, o foco da Ilusion começou a mudar em 2019. "Em 2019, nós quebramos um recorde mundial de maior número de tempo levitando em espaço público, em uma ação na avenida Paulista, em São Paulo, e isso chamou a atenção das pessoas. A partir daí, começamos a fazer shows para o grande público", afirma Henry.

Popularidade aumentou após quadro no "Fantástico" (Globo). Em 2021, Henry e Klauss apresentaram o quadro "Ilusões de risco", no "Fantástico". Isso deu mais visibilidade para a dupla. Eles também fazem o quadro "Destinos mágicos", no "Domingão" (Globo).

A Ilusion faz parte do cast da Opus Entretenimento desde 2021. Os shows para o grande público são produzidos em parceria com a Opus Entretenimento, sócia da carreira dos artistas. Hoje, a maioria dos shows é para o grande público (80%) e o restante (20%), para o mercado corporativo.

Apresentação em evento corporativo custa R$ 100 mil, em média. A duração pode ter entre 60 a 90 minutos.

Continua após a publicidade

Nos últimos 12 meses, o faturamento da Ilusion foi de R$ 30 milhões. O lucro não foi divulgado. Mas as margens de lucro da dupla são 50% em shows corporativos e 35% em shows para o grande público.

Turnê pelo país e agenda lotada em 2024

"Illusion Show" está em turnê pelo país. A dupla Henry & Klauss está em turnê por todo o país neste ano com o espetáculo "Illusion Show", com agenda está lotada até 2024.

Shows no exterior e prêmios no currículo. Ao longo da carreira, eles já se apresentaram nos EUA, Itália, França, China, Argentina, Peru, Guatemala, Uruguai, México e Canadá. Também já receberam alguns prêmios, entre eles o "Les Mandrake D'or", em Paris (França), considerado, segundo eles, o "Oscar da mágica".

A dupla tem repertório para produzir diferentes tipos de shows. Os shows podem ser no formato de grandes arenas ou televisivos. Eles possuem uma oficina com um time de desenvolvimento, onde fabricam e fazem a manutenção dos próprios números. "Para a maioria dos nossos grandes projetos, nós formamos um grande grupo criativo, com consultores de todo o mundo, que nos ajudam a desenvolver novas mágicas, novos conceitos e novos roteiros", declara Henry.

"Desafio do fogo" é o mais popular. O número de ilusionismo foi apresentado no "America's Got Talent", nos EUA. Segundo a dupla, a apresentação possui milhões de visualizações na internet e também já foi apresentado na Itália, França e em Las Vegas (EUA).

Continua após a publicidade

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes