Bolsas

Câmbio

Dinheiro de contas inativas do FGTS é isento de IR, diz Receita

Do UOL, em São Paulo

O dinheiro das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) liberado para saque neste ano é isento de cobrança de Imposto de Renda, segundo a Receita Federal. 

São R$ 43,6 bilhões em cerca de 49,6 milhões de contas inativas, segundo o governo, mas uma pessoa pode ter mais de uma conta em seu nome. O pagamento será feito de 10 de março a 31 de julho. 

O dinheiro do FGTS já é considerado rendimento isento para cobrança do IR, e para o recurso de conta inativa não será diferente. 

Os contribuintes deverão informar os valores recebidos na declaração do Imposto de Renda do ano que vem (IR 2018), como "rendimentos isentos e não tributáveis", de acordo com a Receita. 

Quando sacar

O saque deve ser feito de 10 de março até 31 de julho. Para evitar que muita gente vá ao mesmo tempo nas agências da Caixa Econômica Federal, foi definida uma ordem para os saques, de acordo com o mês de aniversário do trabalhador:

(Com Agência Brasil)

Veja como usar o aplicativo para ver saldo do FGTS

  •  

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos