PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

IR 2020: Posso declarar vacina como despesa de saúde e pagar menos imposto?

Colaboração para o UOL, de São Paulo

21/06/2020 04h00

Em meio à pandemia do coronavírus, muitas pessoas têm recorrido às vacinas para se proteger de outras doenças que também estão em alta, como a gripe e o sarampo.

Quem tem filhos pequenos já está acostumado à rotina quase mensal de picadas e choros. Muitas vacinas não estão disponíveis na rede pública. O jeito é recorrer às clínicas particulares.

Apesar dos valores salgados e da relevância para a saúde, as vacinas não podem ser deduzidas do Imposto de Renda.

Segundo a Receita Federal, as vacinas são equiparadas aos remédios, que também não podem ser declarados como gasto de saúde para abatimento de imposto.

A única forma permitida pela Receita para uma vacina ser considerada como gasto dedutível é se ela estiver incluída na conta do hospital, como parte da despesa de uma internação ou de um tratamento de saúde.

Não adianta ir ao hospital apenas para tomar a vacina e lançar essa despesa na declaração. Esse gasto, de forma isolada, não é aceito pela Receita e pode levar o contribuinte para a malha fina caso seja declarado como despesa dedutível de saúde.

O que você precisa saber sobre IR 2020

Tire suas dúvidas com um especialista no grupo do UOL
Faça o download do programa para declarar
Quer pagar menos imposto? Veja lista do que pode descontar ou não
Já conferiu se você tem mesmo de declarar neste ano?
Prazo vai até 30 de junho, e multa pode ser bem maior do que parece
Leia respostas às principais dúvidas sobre a declaração

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Bolsonaro diz que vai insistir para aumentar isenção no Imposto de Renda

UOL Notícias

Imposto de renda