IPCA
0,42 Mar.2024
Topo

Consulta Malha Fina 2023: Veja aqui como saber situação da declaração do IR

Prédio da Receita Federal em Brasília -  Antonio Molina/Folhapress
Prédio da Receita Federal em Brasília Imagem: Antonio Molina/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

06/06/2023 05h10

Após a entrega das declarações do Imposto de Renda, surge uma nova preocupação para os contribuintes: verificar se a Receita Federal identificou alguma pendência e se há risco de cair na malha fina. É essencial saber como realizar essa verificação e corrigir eventuais erros na declaração antes que problemas ocorram.

A malha fina consiste em uma análise minuciosa feita pela Receita Federal nas declarações que apresentaram inconsistências de informações. De acordo com a Receita, entre 5% e 7% das declarações entregues anualmente são retidas na malha fina.

Diversos fatores podem levar uma declaração a ser retida na malha fina, desde erros de digitação até valores informados incorretamente ou omitidos durante o preenchimento das fichas do Imposto de Renda.

Quando a declaração é enviada, passa por um processo de verificação e comparação com os dados fornecidos por outras pessoas e empresas nos sistemas da Receita Federal. Caso sejam encontradas divergências entre as informações declaradas, a declaração é retida, ou seja, fica na malha fina. É importante ressaltar que a restituição não será recebida enquanto a declaração estiver retida.

Para verificar se há pendências na declaração do Imposto de Renda 2023, é necessário consultar o e-CAC (Centro de Atendimento Virtual) e verificar o status da declaração. O site da Receita também informa qual é a pendência encontrada. A seguir, apresentamos o passo a passo para realizar essa consulta:

  • Acesse o e-CAC (Centro de Atendimento Virtual).
  • Faça o login.
  • Selecione a opção "Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)".
  • Na aba "processamento" ou "Serviços do IRPF", escolha o item "pendências de malha".
  • Nessa página, será possível verificar se a declaração está retida na malha fina e o motivo da retenção. Caso a pendência esteja relacionada apenas a erros de preenchimento ou falta de informações, é necessário enviar uma declaração retificadora. Leia um guia sobre como corrigir a declaração anual para mais informações.

Em alguns casos, o contribuinte pode receber um termo de intimação fiscal, o que significa que ele precisará apresentar documentos para comprovar as informações enviadas na declaração.

Se a mensagem exibida for "Em Fila de Restituição", basta aguardar. Isso indica que a declaração foi processada, mas a restituição ainda não foi disponibilizada. O próximo lote de pagamento deve ser consultável até o dia 23 de junho.

É importante destacar que há prioridade nas restituições para os seguintes grupos: idosos acima de 80 anos, idosos com idade igual ou superior a 60 anos, contribuintes com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave, contribuintes cuja principal fonte de renda seja o magistério, e aqueles que utilizaram a declaração pré-preenchida e/ou optaram por receber a restituição via Pix. Os demais contribuintes receberão a restituição conforme a ordem de processamento da Receita.

O Imposto de Renda é uma declaração que deve ser realizada por pessoas e empresas à Receita Federal anualmente. No documento, devem ser relatados todos os rendimentos ganhos ao longo daquele período. Por meio da declaração, o governo analisa quais tributos já foram pagos pelo contribuinte e se o declarante deve receber restituição ou pagar algum valor de acordo com a tabela pré-estabelecida. Veja abaixo todas as notícias e informações sobre o Imposto de Renda 2023.