PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Polêmicas e curiosidades envolvendo o empresário Eike Batista

Yasuyoshi Chiba/AFP
Imagem: Yasuyoshi Chiba/AFP

Do UOL, em São Paulo

26/01/2017 12h06

O ex-bilionário Eike Batista teve a prisão preventiva decretada nesta quinta-feira (26) no âmbito da Operação Eficiência, da Polícia Federal. Esse é mais um capítulo na trajetória do empresário, que já esteve envolvido em diversas polêmicas e casos curiosos mesmo antes de ser "famoso". 

Eike já foi considerado o homem mais rico do Brasil e o sétimo mais rico do mundo pela revista "Forbes" em 2012, mas seu império entrou em colapso em 2014. Seus negócios de petróleo, estaleiros e principais empresas de mineração foram forçadas a pedir recuperação judicial em meio a uma dívida cada vez maior, queda nas receitas e uma crise de confiança dos investidores.

Veja curiosidades sobre a vida de Eike Batista

  • Reprodução

    Ex-marido de Luma

    Ainda pouco conhecido no Brasil, Eike casou-se com a ex-modelo Luma de Oliveira, em 1991, e com ela teve dois filhos, Thor e Olin. Luma foi protagonista de uma série de polêmicas. Em uma delas, em 1998, a rainha do Carnaval desfilou na Sapucaí com uma coleira com o nome Eike cravejado em diamantes. Luma separou-se de Eike em 2004. Na época, houve boatos de que a modelo teria tido um caso com um bombeiro.

  • Reprodução

    Multa para a "Playboy"

    Em 1999, Eike pagou uma multa à revista "Playboy" após sua mulher na época, Luma de Oliveira, cancelar o contrato para posar nua como "a mulher do milênio". Ainda assim, a ex-modelo foi capa da revista masculina por cinco vezes --em 1987, 1988, 1990, 2001 e 2005, quando já estavam separados.

  • Reprodução

    Fascínio pelo 'X'

    Desde o começo da carreira, a letra "X" esteve presente nos nomes de quase todas as empresas de Eike. Segundo ele, o "X" simboliza "o potencial de gerar e multiplicar negócios". Outro elemento presente nas marcas do grupo EBX era o sol, que representa uma das principais divindades na cultura inca. Segundo ele, "transmite força, poder, liderança e otimismo".

  • Ricardo Moraes/Reuters

    'Mais rico do mundo'

    Em entrevista ao "Fantástico", no começo de 2012, Eike afirmou que seria o homem mais rico do mundo em 2015 ou 2016. Meses depois, a revista "Forbes" apontou o empresário como homem mais rico do Brasil ao lado de Jorge Paulo Lemann, dono de empresas como Ambev e Burger King. Dali em diante, a fortuna de Eike despencou.

  • Antonio Lacerda/Efe

    Filho de Eike atropela ciclista

    Em março de 2012, Thor Batista, filho de Eike, atropelou e matou o ciclista Wanderson Pereira dos Santos em uma rodovia no Rio de Janeiro. Após o acidente, Thor fez um acordo com a família da vítima e pagou R$ 630 mil com a condição de que os valores não fossem divulgados. Tempos depois, Thor foi processado por ter vazado a informação, e ele e o pai foram condenados a pagar mais R$ 500 mil de multa à família da vítima pelo descumprimento do acordo. Em 2015, Thor foi absolvido da acusação de homicídio culposo pela Justiça do Rio. Leia mais

  • Divulgação/Grupo EBX

    Iate vira sucata

    Para enxugar custos em meio à crise de seus negócios, Eike tentou vender o Pink Fleet, um iate cinco estrelas que era alugado para eventos sociais e corporativos na baía de Guanabara, no Rio. A embarcação tinha custos mensais estimados em R$ 300 mil. Sem comprador, o iate foi levado a um estaleiro em São Gonçalo (RJ) para ser desmanchado e vendido como sucata. Leia mais

  • Xande Nolasco/Parceiro/Agência O Globo

    Carros na sala

    Eike também ficou conhecido pelo seu estilo "ostentação". Na sala de sua mansão no Rio de Janeiro ficavam à mostra dois de seus carros preferidos: uma Lamborghini Aventador LP700-4 (foto) e uma Mercedes SLR MacLaren. A Lamborghini chegou a ser apreendida pela Polícia Federal, em 2015, junto com outros veículos, mas todos foram devolvidos ao empresário por determinação da Justiça.

  • Rafael Moraes/Ag. O Globo

    Juiz usa Porsche apreendido

    Na época em que teve seus carros apreendidos, o juiz Flávio Roberto de Souza, então responsável pelo processo contra o empresário, foi flagrado dirigindo o Porsche Cayenne de Eike. Com a repercussão do caso, o juiz foi afastado de suas atividades e teve aposentadoria compulsória decretada pela Justiça. Leia mais

  • Reprodução/Twitter

    Eike vira piada nas redes sociais

    Em meio à derrocada de seu império, Eike afirmou à "Folha" que era "um baque gigantesco" voltar à mesma classe média em que nasceu. A declaração gerou uma onde de piadas e memes nas redes sociais com as hashtags #EikeBatistaClasseMédia e #EikeGenteComoaGente. Leia mais

  • Thinkstock

    Aposta em pasta de dente

    Para dar a volta por cima, a nova aposta de Eike nos negócios era o lançamento de uma pasta de dente chamada Elysium (referência aos campos Elíseos da mitologia grega). O empresário teria gasto US$ 10 milhões no negócio e tinha expectativa de faturar US$ 3 bilhões globalmente. Leia mais