Bolsas

Câmbio

Catástrofes naturais custaram US$ 90 bi em 2015, menor nível desde 2009

Berlim, 4 Jan 2016 (AFP) - As catástrofes naturais custaram ao mundo 90 bilhões de dólares em 2015, o menor valor desde 2009, anunciou nesta segunda-feira a empresa alemã de resseguros Munich Re em seu relatório anual.

Muitos ciclones tropicais de 2015 aconteceram em áreas pouco habitadas. No Atlântico Norte, o fenômeno El Niño atuou como barreira ante as grandes tempestades, afirma o grupo em um comunicado.

Dos 90 bilhões de dólares em danos, 27 bilhões estavam segurados, segundo a Munich Re.

"Mas o valor dos danos em comparação (com anos anteriores) não deve, sob nenhum conceito, estimular uma redução da vigilância", adverte a empresa.

"Os cientistas partem do princípio de que a fase atual do El Niño pode ser seguida nos próximos anos pelo contrário, ou seja, uma fase de La Niña, que favoreceria por exemplo a formação de furacões", afirma em um comunicado Peter Hoppe, diretor da divisão de Geo Risks Research do grupo.

No ano passado, a catástrofe mais onerosa e mais letal foi o terremoto do Nepal em abril. A tragédia matou 9.000 pessoas e os danos financeiros foram calculados em 4,8 bilhões de dólares.

No total, 23.000 pessoas morreram em catástrofes naturais, muito mais que no ano anterior (7.700 mortes), mas muito menos que a média dos últimos 30 anos (54.000).

mtr/fp

MUENCHENER RUECKVERSICHERUNG

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos