PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Argentina prevê crescimento econômico entre 0,5% e 1% para 2016

14/01/2016 20h05

Buenos Aires, 14 Jan 2016 (AFP) - A Argentina prevê um crescimento de entre 0,5% e 1% da sua economia em 2016 e uma média de 4,5% para os três anos seguintes, informou nesta quinta-feira o ministro da Fazenda e Finanças, Alfonso Prat-Gay.

"A meta é que Argentina volte a crescer e temos uma estimativa ao redor de 0,5 e 1% em 2016", com uma retomada do crescimento na segunda metade deste ano, disse Prat-Gay.

O ministro acrescentou que suas estimativas para os próximos três anos fixam uma média de 4,5% de crescimento para a terceira economia da América Latina.

O novo governo do presidente Mauricio Macri, empossado em 10 de dezembro passado, interveio no instituto nacional de estatísticas (Indec) por manipulação dos indicadores durante a gestão da ex-presidente Cristina Kirchner (2007-2015).

Assim, as estimativas divulgadas até agora são uma inflação entre 20 e 25%, crescimento de até 1% e o peso gira em torno de 14 pesos o dólar, a quase um mês de sua liberação.

PUBLICIDADE