Bolsas

Câmbio

EUA: piloto do F-16 que caiu no Arizona está 'supostamente morto'

Los Angeles, 22 Jan 2016 (AFP) - O piloto de um jato F-16 de combate que caiu na quinta-feira no Arizona procedia de Taiwan e "supostamente morreu" no acidente, informou nesta sexta-feira a Força Aérea americana.

Este é o segundo F-16 dependente da base de Luke, no Arizona (sudeste dos Estados Unidos), que cai em três meses.

"Na noite passada, membros de nosso Conselho de Segurança Provisória encontraram restos humanos no local em que caiu o F-16 (que procedia) de Taiwan", informou em um comunicado o major-general Scott Pleus.

"As provas me levam a crer que o piloto não sobreviveu, por isso é dado como morto", completou. Será realizada uma necropsia nos restos mortais encontrados para assegurar que se trata do corpo do piloto taiwanês, cujo avião caiu na manhã da quinta-feira perto da pequena cidade de Bagdad, no Arizona.

A razão do acidente segue desconhecida e a investigação continua.

O F-16 é um caça fabricado pela Lockheed Martin e usado por cerca de 20 países.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos