Bolsas

Câmbio

Premier do Quirguistão renuncia por escândalo de corrupção

Bishkek, Quirguistão, 11 Abr 2016 (AFP) - O primeiro-ministro do Quirguistão, Temir Sariev, anunciou nesta segunda-feira sua renúncia ao ver seu nome envolvido em um escândalo de corrupção, no qual é acusado de favorecer uma empresa chinesa de obras públicas.

"Os boatos e as suposições têm um impacto negativo no trabalho do governo", afirmou no Parlamento para explicar sua renúncia, ao mesmo tempo que rebateu as acusações contra ele.

Sariev é alvo de uma investigação parlamentar. Ele é acusado de ter interesses em um contrato de 100 milhões de dólares para a construção de uma estrada na província de Issyk Kul, leste do país, obtido pela empresa chinesa Long Hai.

Temir Sariev estava no cargo há menos de um ano. Ele foi o quinto primeiro-ministro deste país da Ásia Central desde uma revolução que deixou mais de 100 mortos em 2010.

Uma revolução anterior, em 2005, retirou do poder o presidente Askar Akaiev, acusado de corrupção e autoritarismo.

tol-cr/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos