Maduro amplia folga de setor público de um para três dias por crise elétrica

Caracas, 26 Abr 2016 (AFP) - O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, ordenou estender de um para três dias por semana a folga do setor público para enfrentar uma severa crise de eletricidade que afeta o país petroleiro, anunciou o governo nesta quarta-feira.

"Quarta, quinta e sexta-feira não se trabalhará no setor público à exceção daquelas tarefas que são fundamentais, que são necessárias", declarou o vice-presidente Aristóbulo Isturiz em uma transmissão televisiva da Central Hidroelétrica de Guri, em Bolívar (sudeste).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos