Volkswagen diz que é 'muito mais que a crise' e prevê lucros para 2016

Wolfsburgo, Alemanha, 28 Abr 2016 (AFP) - A Volkswagen apresentou nessa quinta-feira seus projetos de futuro, afirmando sua vontade de superar a crise dos motores adulterados e fechar 2016 com lucros.

O conglomerado alemão, que registrou em 2015 seu primeiro prejuízo de 20 anos, "é muito mais do que a crise", afirmou seu presidente, Matthias Müller, durante a coletiva de imprensa anual em Wolfsburgo (norte), sede da empresa.

O grupo de doze marcas anunciou na última sexta-feira que em 2015 separou 16,2 bilhões de euros para enfrentar o escândalo, fechando seu exercício com um rombo de 1,6 bilhão de euros.

A VW espera encerrar 2016 com lucros. E sua prioridade, segundo o presidente da companhia é "recuperar a confiança" dos clientes.

Além disso, a fabricante informou que quer apostar nos veículos elétricos com o lançamento de 20 modelos híbridos ou 100% elétricos até 2020. Atualmente são comercializados nove modelos.

A empresa se diz aberta a "novas associações e participações futuras" para ir além da fabricação de veículos, com a produção de serviços de mobilidade.

esp/mtr/pre/jvb/mb/cc

VOLKSWAGEN

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos