Bolsas

Câmbio

Paz com as Farc permitirá aumentar PIB da Colômbia em 1% ao ano (presidente)

Frutillar, Chile, 30 Jun 2016 (AFP) - O fim do conflito armado com a guerrilha das Farc permitirá aumentar o PIB da Colômbia em no mínimo 1% ao ano, pois o país conseguirá duplicar seu mercado, afirmou nesta quinta-feira o presidente colombiano, Juan Manuel Santos.

O país crescerá "no mínimo 1% ano para sempre, é muitíssimo", afirmou Santos, ao discursar na sessão de encerramento da terceira Cúpula Empresarial da Aliança do Pacífico.

Com a paz, "a Colômbia duplica-se como mercado e em oportunidades de investimento", acrescentou o chefe de Estado, após o acordo de cessar-fogo definitivo assinado com a guerrilha das Farc, que põe fim a cinco décadas de conflito armado.

"O acordo de cessar-fogo libera um potencial que estava reprimido por uma guerra e isto vai permitir ao setor privado chegar ao mercado e zonas aonde nunca tinha chegado", afirmou Santos.

A Aliança do Pacífico é uma zona de livre comércio, integrada por Chile, Peru, México e Colômbia.

Os presidentes dos quatro países-membros do bloco encerraram nesta quinta-feira a cúpula empresarial à qual assistiram 700 empresários, e que precede a reunião empresarial do grupo na sexta-feira na cidade de Puerto Varas, vizinha a Frutillar, 1.100 km ao sul de Santiago.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos