Petróleo cai em Nova York a menos de US$ 40 pela primeira vez desde abril

Nova York, 2 Ago 2016 (AFP) - O petróleo continuou em queda nesta terça-feira em Nova York em um mercado que considera cada vez mais longe da possibilidade de um equilíbrio entre a oferta e a demanda.

O barril de referência WTI, que abriu em alta, caiu 55 centavos nos contratos em setembro e ficou em 39,51 dólares. É a primeira vez em 15 semanas que o petróleo caiu abaixo dos 40 dólares em Nova York.

Em Londres, o barril de Brent para outubro perdeu 34 centavos, a 41,80 dólares.

"Houve uma tímida recuperação, mas depois o mercado voltou a se concentrar na oferta e na demanda, que permanecem em desequilíbrio", disse Gene McGillian, da Tradition Energy.

Na segunda-feira relatórios apontaram o aumento da produção da Opep e nesta terça-feira dados indicaram que a Rússia aumentou sua oferta nos 12 meses encerrados em julho, disse Matt Smith, da ClipperData.

Em relação à oferta dos Estados Unidos, o mercado espera a divulgação do relatório semanal de reservas na próxima quarta-feira.

Tim Evans, analista da Citi, disse que se espera uma queda nas reservas de petróleo, gasolina e destilados. "No entanto, as quedas serão modestas e podem não ser suficientes para fazer os preços subirem".

chr/jld/gm/cd/

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos