Déficit comercial aumentou 8,7% em junho nos EUA

Washington, 5 Ago 2016 (AFP) - O déficit comercial dos Estados Unidos subiu consideravelmente mais que o previsto em junho por efeito de um aumento das importações e um crescente desequilíbrio com a China, segundo dados publicados pelo departamento do Comércio.

O saldo cronicamente deficitário dos intercâmbios dos Estados Unidos em relação ao resto do mundo aprofundou em 8,7% no mês para atingir os 44,5 bilhões de dólares em dados corrigidos por variações sazonais.

Os analistas esperavam uma alta de apenas 3,9%.

Pelo terceiro mês consecutivo, o aumento ocorre apesar do crescimento americano e pode ser explorado pelo candidato republicano Donald Trump, que propõe um arsenal de medidas protecionistas.

Este mau desempenho do comércio externo, que leva o déficit a seu mais alto nível desde junho de 2015, se deve a um aumento das importações (+1,9% a 227,7 bilhões de dólares) frente a um aumento mais modesto das exportações (+0,3% a 183,2 bilhões).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos