Petróleo fecha acima de 50 dólares o barril em Nova York

Nova York, 6 Out 2016 (AFP) - Os preços do petróleo subiram nesta quinta-feira em Nova York acima os 50 dólares o barril pela primeira vez desde junho, diante de elementos considerados promissores sobre as intenções da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

O preço do barril de "light sweet crude" (WTI), referência do petróleo nos EUA, subiu 61 centavos, a 50,44 dólares, no contrato para entrega em novembro no New York Mercantile Exchange (Nymex), um nível que não era alcançado desde 9 de junho.

Em Londres, o preço do barril de Brent do Mar do Norte para entrega em dezembro subiu 65 centavos, a 52,51 dólares no Intercontinental Exchange (ICE).

"A atenção se concentra nas declarações da Argélia, membro da Opep", ressaltou Carl Larry, da Frost & Sullivan.

Em uma entrevista retransmitida nessa quinta-feira, Noureddine Boutarfa, ministro argelino de Energia "estimou que a Opep tem margem para reduzir sua produção" mais do que o anunciado, afirmou Larry.

Essas declarações reforçaram as especulações sobre ambiciosas medidas que poderão ser adotadas pelo cartel diante a excessiva oferta de petróleo no mercado.

Boutarfa alimentou as esperanças dos investidores com o anúncio de "uma nova reunião informal na semana que vem entre produtores, desta vez em Istambul, na presença de alguns membros da Opep e da Rússia", escreveu Matt Smith, da ClipperData.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos