Bolsas

Câmbio

Amazon é condenada no Canadá por políticas de preços enganosas

Montreal, 11 Jan 2017 (AFP) - A filial canadense da Amazon foi condenada a pagar 1,1 milhão de dólares canadenses (US$ 840.000) por suas políticas de preços consideradas enganosas - anunciou o governo nesta quarta-feira (11).

Após uma investigação de vários meses entre 2014 e 2015, o órgão regulador canadense de concorrência determinou que a empresa "se apoiou nos preços sugeridos por seus fornecedores sem verificar com exatidão" para colocar seus produtos à venda, com o objetivo de fixar um preço final - a priori vantajoso - para o consumidor.

Proibida no Canadá, essa prática permite a um vendedor estabelecer um preço de origem artificialmente inflado, além de propor uma importante redução sobre o artigo para atrair consumidores. Esses "preços reduzidos" são, na verdade, próximos aos preços de mercado.

Segundo o governo, o preço original dos artigos vendidos on-line não deve ser inflado para fazer os consumidores acreditarem que estão economizando.

A Amazon mudou sua política de estabelecimento de preços em seu site no Canadá.

jub/jl/ll/cd/cc/tt

AMAZON.COM

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos