EUA punem dois membros da Frente Al-Nosra na Síria

Washington, 23 Fev 2017 (AFP) - O Tesouro americano adotou, nesta quinta-feira (23), sanções financeiras contra duas lideranças da ex-frente Al-Nosra (Al-Qaeda na Síria) - indicou um comunicado.

A Frente Al-Nosra foi rebatizada de "Fateh al Cham", após sua ruptura oficial com a Al-Qaeda.

As sanções preveem o congelamento de ativos potenciais nos Estados Unidos de dois indivíduos residentes na Síria, Iyad Nazmi Kahalil e Bassam Al-Hasri, acusados de terem apoiado atos de terrorismo, indicou a Ofac, a unidade do Departamento do Tesouro encarregada das sanções financeiras.

"Esses responsáveis de alto perfil da Frente Al-Nosra e terroristas da Al-Qaeda deram um apoio-chave ao grupo terrorista", declarou o diretor interino da Ofac, John Smith.

As autoridades americanas acrescentaram à lista negra uma empresa de siderurgia implantada na Síria, a Mechanical Construction Factory, no âmbito de sua luta contra a proliferação de armas de destruição em massa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos