Bolsas

Câmbio

Petróleo fecha em alta em Nova York, a US$ 50,41 o barril

Nova York, 20 Set 2017 (AFP) - O petróleo subiu nesta quarta-feira acima dos 50 dólares em Nova York após a divulgação do relatórios sobre as reservas dos Estados Unidos e em meio a especulações sobre o prolongamento do acordo de redução da oferta da Opep.

O barril de "light sweet crude" (WTI) para entrega em outubro subiu 93 centavos e fechou em 50,41 dólares no New York Mercantile Exchange (Nymex).

Apesar de ter ficado várias vezes acima do patamar simbólico dos 50 dólares durante as sessões dos últimos dias, o barril de WTI não conseguia superar essa barreira no fechamento desde julho.

No Intercontinental Exchange (ICE) de Londres, o barril de Brent do mar do Norte para entrega em novembro fechou em 56,29 dólares, uma alta de 1,15 dólar em relação ao fechamento de terça-feira.

As reservas de petróleo nos Estados Unidos aumentaram na semana passada um pouco mais que o previsto, enquanto que as perturbações do furacão Harvey continuavam sendo sentidas, de acordo com as cifras difundidas nesta quarta-feira pelo departamento de Energia.

Na semana terminada em 15 de setembro, as reservas comerciais de petróleo aumentaram 4,6 milhões de barris e totalizaram 472,8 milhões, enquanto que os analistas entrevistados pela agência Bloomberg previam em média uma alta de 3,9 milhões de barris.

As reservas de gasolina diminuíram 2,1 milhões de barris, a 216,2 milhões de barris, como antecipavam os analistas.

Harvey gerou inundações quando atingiu o litoral do Golfo do México em 25 de agosto e nos dias posteriores. Cerca de 25% da capacidade de refino dos Estados Unidos ficou fora de serviço.

Outro elemento pode ter sustentado os preços. "Os investidores consideraram as palavras do ministério iraquiano de Petróleo sugerindo extensão e aprofundamento" do acordo da Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) e de outros grandes produtores de petróleo para reduzir a produção", comentou John Kilduff, da Again Capital.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos