PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Respaldo para bitcoin: CME planeja acrescentá-lo para contratos futuros

31/10/2017 17h44

Nova York, 31 Out 2017 (AFP) - O preço do bitcoin teve uma grande alta nesta terça-feira (31), após o gigante de produtos financeiros derivados CME Group anunciar que planeja fazer transações de contratos futuros na criptomoeda no último trimestre deste ano.

A decisão é um voto de confiança à controversa criptomoeda que até agora não está listada em nenhum mercado importante. O CME oferece uma ampla variedade de produtos derivados em todo o mundo e realiza cerca de 3 bilhões de contratos por ano.

"Dado o crescente interesse dos clientes no desenvolvimento dos mercados de criptomoedas, estamos decididos a apresentar contratos futuros em bitcoins", disse Terry Duffy, diretor-executivo do CME Group, cuja sede está em Chicago.

O início das transações em bitcoin depende da permissão das autoridades que regulamentam o mercado, disse a empresa.

O anúncio marca uma corrida entre o CME e seu rival CBOE Holdings, que em agosto anunciou planos de fazer transações, com a Gemini Trust Company, de contratos de bitcoins no quarto trimestre do ano, ou no começo do ano que vem.

O mercado de criptomoedas cresceu a 172 milhões de dólares, e o bitcoin é responsável por 54%, disse o CME.

O valor do bitcoin cresceu rapidamente desde seu lançamento em fevereiro de 2009, com um valor de poucos centavos, e neste ano disparou. Dos quase mil dólares que custava no começo de 2017, passou a ser cotado a cerca de 6.300 nesta terça.

A moeda encontrou resistências. A China proíbe as negociações, e grandes nomes das finanças, como o CEO do banco americano JP Morgan Chase criticaram-na severamente.

jum-jmb/hs/gm/yow/ll/mvv